top of page
  • citebonline

Tecnologia. Investimentos de TI em nuvem devem crescer 20% em 2023



A cada ano empresas, governos e instituições usam mais e mais recursos digitais. De forma que buscar opções eficazes e econômicas são praxes de mercado. As soluções cloud, em nuvem, se destacam por oferecer maior segurança, organização e menor espaço físico.


Segundo a Gartner, uma das maiores empresas de tecnologia do mundo, é previsto que os investimentos corporativos de TI em soluções cloud devem crescer cerca de 20% em 2023. Ou seja, cerca de US$ 591,8 bilhões, valor bem acima dos US$ 490,3 bi em 2022.


Para John-David Lovelock, vice-presidente e analista da Gartner, as transformações dos negócios digitais estão mudando. Deixando as funcionalidades voltadas às receitas e experiências com clientes, para atender necessidades internas das próprias empresas.


Mercado de softwares

Espera-se que o setor de softwares cresça mais de 10% esse ano. puxados por aplicativos de planejamento de recursos empresariais (ERP) e gerenciamento de relacionamento com clientes (CRM).


Inteligência Artificial

A princípio a inteligência artificial generativa não está entre as prioridades de investimentos em TI das corporações ao redor do mundo. Porém, é preciso manter o radar em funcionamento pois essa tecnologia será incorporada gradualmente, portanto é preciso estratégia e planejamento.


"Todos os anos, novos recursos são adicionados a produtos e serviços de tecnologia como complementos ou atualizações. A maioria das empresas incorporará a tecnologia de maneira lenta e controlada por meio de atualizações de ferramentas que já estão incorporadas aos orçamentos de TI", explica Lovelock.


Sustentabilidade

Muitos mercados colocam a sustentabilidade como item imperativo para se fazer negócios. Assim, toda a cadeia produtiva e seus eventuais desperdícios precisam ser monitorados e repensados e os softwares de gestão em nuvem são essenciais nesse processo.


Pontos negativos

De acordo com a pesquisa Gartner, o setor de dispositivos deve seguir em queda até 2026, já que os ciclos de atualização dos dispositivos tendem a ser um pouco mais longos nos próximos anos.




Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page