top of page
  • citebonline

Startups/ Pedido de patente atrai os investidores


(Foto de Andrea Piacquadio)


Sabia que 58% dos investidores preferem apostar em startups com patentes ou pedidos de patentes? Esse é um dos dados apresentados em recente relatório publicado pelo PitchBook, já que o registro de propriedade intelectual é visto como retorno financeiro.


A pesquisa traz ainda que os investidores de Venture Capital, preferem investir nas fases de crescimento (80,4%) ou final (63,2%) dos empreendimentos que buscam patentear suas soluções.


Dados

Conforme as empresas vão amadurecendo, passando das etapas de anjos e sementes, a capacidade de receber aportes maiores também aumenta. O estudo indica que o destino do capital levantado anualmente pelas empresas de Crescimento de Risco (Venture Growth), entre 2011 e 2020, foram:


  • 80,4% para startups com patentes;

  • 63,2% para startups em estágio final;

  • 42,6% para startups em estágio inicial;

  • 25% para anjo e sementes.

Retorno dos investimentos

A conquista do registro de propriedade intelectual é considerada a maior riqueza do mercado do conhecimento. Porque é através dele que será possível a cobrança de royalties, ou seja, o retorno financeiro. Assim, quanto mais viável for a patente e a sua aplicabilidade, maiores são as chances de aportes generosos nas startups.

De acordo com os dados levantados pelo PitchBook, o valor médio de saída para as empresas com patentes é 154,9% maior do que para as empresas sem patentes, sendo, em média, 48,2% maior para as empresas públicas.




Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page